Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo

Quem tem medo de cobras e serpentes já pode ir parando por aqui. Isso porque hoje o assunto de hoje não será, nada menos, que a mamba-negra. Basicamente, essa serpente é considerada uma das serpentes mais mortíferas do mundo.

Definitivamente, elas não são aquelas cobras caseiras, que são tratadas como bichos de estimação pelos amantes de cobras. Na verdade, elas são serpentes temperamentais, mães desnaturadas e extremamente venenosas. Inclusive, uma só mordida é capaz de matar um ser humano.

Contudo, ela só se torna altamente agressiva, se sentir que está em perigo. Porém, mesmo assim, ela ainda é considerada uma das serpentes mais venenosas da África.

Além de ser considerada também a cobra mais veloz do mundo. Entretanto, ao contrário do que você imagina, essas serpentes nunca estiveram no topo da cadeia alimentar.

Enfim, chegou a hora de você descobrir mais detalhes sobre a cobra mais temida do mundo.

Características físicas da mamba-negra

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: Curiosidades da ciência

Vale ressaltar que, apesar de ter esse nome, a mamba-negra não é totalmente negra. Na verdade, a superfície externa das cobras dessa espécie pode variar entre as cores marrom, verde-oliva, caqui e cinza.

Contudo, seu nome se refere à coloração azul-escuro, quase preta, no interior da sua boca.

Com relação às suas outras características físicas, seu corpo pode chegar a medir 4 metros. Tanto é que ela é considerada a segunda maior serpente venenosa do mundo.

Maior que mamba-negra, em extensão, existe somente a cobra-rei. Basicamente, esta chega a ter 5,6 metros. Isso, sem contar seu peso, que pode chegar até a 1,6 kg.

Outra característica bem marcante dessas serpentes é a agilidade que elas têm. Certamente, não é à toa que elas são consideradas uma das serpentes mais velozes do mundo, podendo atingir cerca de 20 quilômetros por hora.

Contudo, essa velocidade só é atingida caso ela esteja fugindo de algum predador. E não, para atacar uma presa.



Habitat

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: Mega curioso

Sobretudo, essa espécie é encontrada com mais facilidade em savanas bem arborizadas e em florestas ribeirinhas. Basicamente, é mais comum de encontrá-las em pedreiras, no leste e sul da África; e em países como Angola, Quênia, Tanzânia, Moçambique e Zimbábue.

Além do mais, é importante destacar que essas serpentes gostam de ambientes abertos. Tanto é que elas são mais vistas dentro de árvores ocas, fendas de rochas e tocas, por exemplo.

Comportamento

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: Bicho maníaco

A princípio, essas serpentes tem hábitos de caça mais diurnos. Além disso, normalmente, são vistas aos pares ou em pequenos grupos.

Contudo, mesmo com toda essa fama negativa, seu comportamento, normalmente, é de tímido. Tanto é que ela costuma fugir ao ver um ser humano.

Porém, não se engane tanto assim, até porque se ela se sentir ameaçada ficará mais agressiva. Consequentemente, ela abrirá a boca até você conseguir ver seu interior negro. A partir daí, ela poderá levantar seu corpo até 1 metro do chão, ou então balançar a cabeça.

Além do mais, como alerta de ataque, ela emite um sinal alto, mais conhecido como sibilo. Ou seja, se ela fizer isso, estará pronta para te atacar.

Portanto, o mais indicado para esse momento que você recue para evitar que ela dê o bote. Até porque, se a mamba-negra der início à perseguição, ela poderá te atacar repetidas vezes e depois fugir.

Alimentação

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: Mega curioso

Para se alimentar, primeiramente, ela ataca e pica as suas presas. Logo em seguida, ela espera até que suas vítimas fiquem totalmente paralisadas ou morram, para então comê-las.

Assim sendo, vale destacar que elas se alimentam quase sempre de mamíferos. Ratos, esquilos, pequenas aves e morcegos, por exemplo, estão no topo de suas preferências. Porém, existem também mambas-negra que se alimentam de araras e outras serpentes adultas.

Inclusive, devido à suas principais fontes de alimentação, a digestão dessas serpentes dura de 8 a 10 horas.

Reprodução

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: Escola kids

Uma curiosidade sobre essas serpentes é que elas só se reproduzem uma vez ao ano. Inclusive, normalmente é entre a primavera e o verão.

Outra curiosidade sobre as mambas-negras é que as fêmeas são consideradas mães “desprendidas”. Ou seja, após a cópula, elas deixam seus ovos em um ninho seguro e nunca mais voltam. Aliás, sobre isso, vale destacar que elas costumam dar entre 6 a 25 ovos.

Portanto, seus filhotes nascem grades o suficiente e independentes, prontos para caçar. Inclusive, geralmente, esses filhotes nascem com 50 centímetros de comprimento, em média.

Veneno

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: Vivi Metaliun

Sobretudo, o veneno dessas serpentes  pode ser potencialmente fatal. Até porque o seu veneno contém toxinas extremamente fortes, as quais podem desencadear ataque cardíaco. Além disso, suas toxinas são capazes de desligar o sistema nervoso, paralisando a vítima por completo.

Basicamente, para que a vítima não chegue a óbito, o essencial é correr para o médico para aplicar o soro antiofídico. Contudo, caso este não seja administrado, a vítima pode morrer em menos de 30 minutos. Na verdade, para que a a pessoa sobreviva, o soro deve ser aplicado nos primeiros 20 minutos.

Porém, infelizmente, o soro ainda não está disponível em muitas regiões. Por isso, a mamba-negra é a principal responsável pelo maior número de mortes de pessoas atacadas por serpentes no mundo.

Mambalginas

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: O arquivo

Pesquisadores de uma universidade da França, descobriram propriedades analgésicas no veneno da mamba-negra. Aliás, esses peptídeos descobertos podem ser tão eficazes no combate à dor quanto a morfina, mas sem seus efeitos colaterais. Como por exemplo, a depressão respiratória.

Sobretudo, essa substância, a qual foi apelidada de mambalginas, ainda está em teste e pode ser que ainda demore a ser comercializado. Portanto,o mais indicado é que se mantenha distância destes espécimes.

Outras mambas

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: Teste do azul

Não bastasse a mamba-negra, ainda existem mais 3 espécies de mangas das quais temos que manter distância.

Sobretudo, é importante que você saiba que essas espécies podem ser menores e também menos venenosas que a famosa mamba-negra. Além do mais, todas as três espécies são de coloração verde e também vivem em árvores.

  1. Mamba-verde-ocidental: Pode ser encontrada de até 3 metros e é a segunda cobra mais venenosa da África, ficando atrás apenas da mamba-negra.
  2. Mamba-verde-oriental: Essa serpente é a menor das mambas, chegando a medir no máximo 1,5 metro. Além do mais, ela pode ser encontrada nas florestas da África Oriental.
  3. Mamba-de-jameson: Já essa serpente pode ser encontrada com um dorso fino, pode chegar a 2,4 metros e vive na África Central e Ocidental.

Curiosidades

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo
Fonte: Vivi Metaliun
  • De acordo com a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais), a mamba-negra é uma das poucas espécies que não apresentam risco de entrar em extinção.
  • Na vida selvagem, esta espécie pode viver mais de 11 anos.

O que achou da nossa matéria?

Calma, que ainda temos mais conteúdos para você: Sucuri é venenosa? – o que come, quanto mede, como se reproduz?

Fontes: Mega curioso, Escola kids

Imagem de destaque: Pinterest

Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s