Mitologia Africana – Surgimento, história e principais orixás

É muito comum falarmos sobre a histórias dos deuses gregos e romanos. Entretanto, a mitologia africana ainda é muito pouco conhecida.

Iemanjá ainda é famosa, mas o que se sabe sobre ela? Sobre os orixás que fazem parte das religiões africanas? Enfim, o problema é que ainda há muito preconceito em torno desse assunto.

Contudo a cultura africana é muito rica quando se fala sobre religião, o necessário é difundir todo o conhecimento sobre esse assunto por aí.

Aliás, a mitologia africana foi trazida para o Brasil pelos escravos importados da África. Além disso, parte dos deuses dessa religião tem relação com a religião nigeriana yorùbá.

Mitologia africana

A mitologia africana, que como dito anteriormente, se relaciona com a religião nigeriana, tem em torno de 400 deuses. E cada um deles tem suas características e seus significados. Portanto é possível perceber que no meio na mitologia africana há muita diversidade, inclusive entre os deuses.

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Umbandaead

Enfim, conhecida também como mitologia dos iorubás, a mitologia dos africanos tem um Deus supremo, o Olorum. Ou seja, ela é monoteísta. Contudo, eles também possuem os orixás, que são deuses africanos. Cada um deles representa uma força da natureza.

Enfim, para os africanos foi Olorum o responsável por criar todas as coisas do mundo, incluindo os outros deuses. Então, Oxalá foi quem criou os humanos. Mas eles não vieram da primeira tentativa. Eles tentaram criar os seres humanos a partir da água, do ferro, do ar, madeira e até do fogo. Por fim, foi Nanã, outra divindade, quem sugeriu usar o barro para criar os humanos.

Apesar ter vindo para o Brasil junto com os escravos africanos, a mitologia deles acabou sendo escondida. Isso porque em nosso país, a única religião aceita no período era o catolicismo. Isso acabou causando um preconceito com as religiões africanas, como o candomblé, que perduram até hoje.

O convívio com as divindades da mitologia africana

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Cademeusanto

Segundo conta a história, no princípio Terra e Céu coexistiam. Ou seja, homens e divindades viviam no mesmo lugar. Contudo, Olorum se cansou da sujeira dos homens e decidiu separar os mim, Aiê sendo a Terra e Orum sendo o mundo sobrenatural onde viviam os orixás.

Por fim, cada um deveria viver em seu mundo sem se misturar. Entretanto, os deuses procuraram Olorum, pois queriam conviver com os humanos. Tudo isso para participarem das aventuras que viviam anteriomente. Então Olorum permitiu.

Mas eles poderiam voltar para Terra apenas de tempos em tempos. Além disso, também deveriam vir através dos corpos de pessoas que eram devotas aos deuses.

Mitologia africana – o mito de Onilé

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Tems

O mito de Onilé conta como foram divididas as riquezas do universo entre as divindades da mitologia africana. Enfim, tudo começa com Olorum convocando uma reunião para distribuir as riquezas entre cada deus africano. Para isso cada um deles utilizou suas melhores roupas e acessórios.

Com a difícil responsabilidade de tomar uma decisão, Olorum então resolveu aceitar o que cada orixá já havia escolhido. Como por exemplo, Iansã, que estava usando o vento como roupa e raios como acessórios, se tornou orixá das tempestades.

Por fim, Onilé, filha de Olorum, foi a única a não participar da reunião por ser muito tímida. Ela se escondeu no palácio do pai, dentro de uma cova cavada por si própria. Portanto, por estar vestindo a própria terra, Olorum recebeu o governo de toda a Terra.

Orixás da mitologia africana

Como são 400 deuses africanos, infelizmente não vai dar para citar todos aqui. Contudo, separamos uma lista com os 10 mais cultuados dentro do Brasil. Confira:

1 – Oxalá

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Pinterest

Como dito anteriormente, Oxalá foi o deus responsável por criar a humanidade. Ele também é conhecido como Obatalá, ou seja, o Rei do Pano Branco. Enfim, ele representa a cor branca, a pureza e o começo de tudo.

2 – Olorum

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Cebolaverde

Como é o deus supremo, Olorum significa o Dono do Céu. Foi ele o responsável por criar todos os deuses – ou orixás – e também por dividir o universo sobrenatural, o Orum, do mundo em que os homens vivem – Aiê. Por fim, ele também pode ser reconhecido como Olodumare.

3 – Iemanjá – a mais famosa deusa da mitologia africana

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Umbandaead

A princípio Iemanjá era a deusa apenas do afluente do rio Ogum, lá na Nigéria. Entretanto, ela passou a se tornar orixá do rio e se passou a ser cultuada por todos os iorubás. Na realidade, a deusa da mitologia africana passou a ganhar mais poder durante os anos.

Além disso, no Brasil Iemanjá é conhecida como a rainha do mar e também mãe que protege todos os pescadores. Enfim, em nagô a tradução do seu nome é mãe dos peixes. Provavelmente a orixá é a mais famosa aqui no Brasil.

4 – Exu

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Umbandaeucurto

Apesar de ser conhecido com um significado negativo, na verdade o Exu é apenas um mensageiro. Ou seja, não há uma associação dele com o mal. Contudo, essa relação entre ele e o diabo data desde a primeira vez que os missionários cristãos conheceram os iorubás.

Portanto, toda a visão negativa desse orixá da mitologia africana vem apenas da intolerância. Enfim, para os africanos, Exu é o comunicador entre a Terra e o mundo sobrenatural, onde vivem os deuses. Além disso e ele que protege as portas das casas e é dono de todas as encruzilhadas.

5 – Ogum

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Caotize

Este é o orixá da guerra, portanto é comum vê-lo em suas representações com uma espada na mão. Além disso, ele também é o orixá da metalurgia. Aliás, para os brasileiros, Ogum se associa a São Jorge.

6 – Xangô

Mitologia Africana - A história do surgimento dos orixás
Fonte: Pinterest

Xangô, diferentemente dos outro orixás, foi uma pessoa real. No século XV, ele foi o quarto rei do império Oió, na Áfria Ocidental – atual Nigéria e Benin. Contudo, após sua morte ele se tornou uma divindade, sendo considerado o deus do trovão.

Além disso, Xangô também possuía poder sobre as chuvas e era visto como o orixá da justiça, pois quando foi rei era o responsável por aplicar as leis aos homens.

7 – Nanã

Fonte: Pinterest

A orixá teve participação durante a criação da Terra e dos humanos. Ela é conhecida como Nanã Burucu, deusa do fundo dos lagos. Nanã é considerada a mãe das águas doces, ou seja, a responsável por criá-las.

8 – Oxum

Fonte: Medium

Por outro lado temos Oxum, a deusa e dona das águas doces. Ela é a orixá de todas as fontes e rios, além do próprio rio Oxum, que está localizado na Nigéria. Enfim, ela também é esposa (uma das) de Xangô, sendo considerada a deusa do amor e da beleza.

9 – Iansã

Fonte: Tems

Essa divindade da mitologia africana também é conhecida como Oiá, deusa dos raios, dos ventos e das tempestades. É também quem transporta os mortos até o mundo sobrenatural – Orum. Aliás, é por esse motivo que ela é a orixá da cerimônia fúnebre em que se fazem oferendas a quem o morreu.

10 – Olocum

Fonte: Cantodemagia

Enfim temos Olocum, a verdadeira divindade dos mares e oceanos. No Brasil, ela foi substituída por Iemanjá, sua filha.

Outras divindades da mitologia grega

Fonte: Vidaorixa
  • Ossaim – orixá das folhas
  • Oxóssi – orixá da caça
  • Oxumarê – orixá do arco-íris
  • Obá – outra esposa de Xangô. Ela representa a fidelidade conjugal e o amor
  • Aganju – orixá dos vulcões e do fogo
  • Ibejis – são dois orixás. Os gêmeos são responsáveis por proteger as crianças
  • Obaluaê – orixá das pestes e das doenças contagiosas
  • Logum Edé – orixá da pesca e da caça
  • Euá – orixá das fontes
  • Oraniã – oxirá das profundezas da Terra
  • Onilé – orixá que governa a Terra
  • Ocô – orixá da agricultura
  • Otim – orixá do rio Otin
  • Oquê – orixá da montanha
  • Odudua – na mitologia africana, é o orixá responsável pela criação da Terra
  • Erinlé – faz parte do grupo de orixás caçadores
  • Oxaguiã – orixá da criação, o criador da cultura material
  • Orunmilá – orixá da adivinhação e do oráculo
  • Ajalá – orixá da criação, que fabria da individualidade e a cabeça de cada ser humano

Então, gostou da matéria? Em seguida leia: Deuses Indianos – As principais divindades do hinduísmo

Imagens: Aventurasnahistoria, Umbandaead, Cademeusanto, Tems, Pinterest, Cebolaverde, Umbandaead, Umbandaeucurto, Caotize, Pinterest, Pinterest, Medium, Tems, Cantodemagia e Vidaorixa

Fontes: Hipercultura, Conhecimentocientifico e Geledes

Essa matéria Mitologia Africana – Surgimento, história e principais orixás foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Mitologia Africana – Surgimento, história e principais orixás Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s