Verrugas, o que são? Causas e quais as melhores formas de tratamento

As verrugas são proliferações que ocorrem sobre a pele, causadas pelo papiloma vírus humano, conhecido como HPV. No entanto, se trata de crescimentos benignos, e geralmente inofensivos.

Ademais, a lesão acontece na camada superficial da pele ou da mucosa, o que faz com que haja um crescimento anormal das células da epiderme no local. Dessa forma, surgem pequenas formações em grupo ou isoladas, que podem se espalhar facilmente de uma região a outra do corpo. Por exemplo, no rosto, no pé, na virilha, região genital ou nas mãos.

Quanto à transmissão do HPV, ele ocorre através do contato direto com uma pessoa ou objeto infectado. Portanto, é necessário o contato com pequenas feridas na região da pele para que ocorra a transmissão. Por isso, é muito comum o surgimento de verrugas em áreas lesionadas.

Outra maneira de transmissão é através do contato sexual ou por via materno fetal durante o parto. Em todo caso, pessoas com imunidade baixa são mais suscetíveis ao aparecimento de verrugas.  De acordo com especialistas, o pico de incidência acontece entre 12 e 16 anos, sendo que as lesões podem demorar semanas para aparecerem.

De acordo com o local da verruga, ela pode variar quanto ao seu aspecto, sendo dividida entre cinco tipos. Sendo que em alguns casos, pode causar dor e sangramento, por exemplo, do tipo plantares e anogenitais que podem coçar. No entanto, geralmente não apresentam sintomas, mas pode apresentar aspecto de couve-flor, áspera, da cor da pele ou macia e escura.  Normalmente, as verrugas desaparecem sem a necessidade de tratamentos, porém, alguns remédios podem auxiliar no aceleramento desse processo.

Tipos de verrugas

Existem cinco tipos de verrugas, que são classificadas de acordo com sua morfologia e localização. São elas:

1 – Verrugas vulgares

Haddad Astolfil

Esse tipo de verruga é considerado o mais comum, onde a lesão possui pápulas irregulares, endurecidas e ásperas. Podendo variar quanto ao número e aparecer de forma isolada ou em grupos. Ademais, aparecem mais facilmente em áreas sujeitas a maior trauma, por exemplo, mãos, dedos, cotovelos, joelhos e ao redor das unhas (verrugas periungueais).

2 – Verrugas filiformes

Ohmymag

Esse tipo de verruga apresenta projeções finas e alongadas, geralmente apresentam isoladas. Dessa forma, são mais comuns na área da face, pescoço, pálpebras e lábios, sendo mais comum a incidência em pessoas mais velhas.

3 – Verrugas planas

Msd Manuals

Esse tipo de verruga apresenta a aparência de pequenas bolinhas amareladas ou de cor castanhas, podendo medir no máximo 5 mm. No entanto, sua principal característica é apresentar lesão com superfície plana e lisa, sendo mais comum ocorrer na face e dorso das mãos de adolescentes.

4 – Verrugas plantares

MD Sáude

Esse tipo de verruga é comum, porém, por se localizar nas plantas dos pés são muitas vezes confundidas com calos. Pois, devido ao peso do corpo, as verrugas plantares crescem para dentro, o que pode causar dor ao andar. Quanto a sua aparência, apresenta um anel periférico espessado com pequenos pontos escuros no centro da lesão. Por isso, é conhecida popularmente como verruga olho de peixe.

5 – Verrugas anogenitais

Dr. Dráuzio Varela

Esse tipo de verruga apresenta formas vegetantes, são parecidas com uma couve-flor, são úmidas, podendo aparecer isoladas ou agrupadas. Ademais, seu aparecimento é mais comuns nas regiões genitais feminina e masculina, como uretra, vagina, colo do útero, região perianal ou mucosa oral. Geralmente, apresenta aspecto macio e rosado. Porém, a ocorrência desse tipo de verruga pode aumentar o risco de desenvolvimento de câncer genital, principalmente no colo do útero.

Diagnóstico e transmissão

Iluna na Pele BH

Para um diagnóstico clínico adequado, um médico deve ser procurado. Assim, ao examinar a lesão ele detectará possíveis problemas analisando o aspecto e região onde a verruga está localizada. Em alguns casos, o médico poderá solicitar exames laboratoriais, tais como, Papanicolaou, colposcopia, ou biópsia. Que vão identificar os possíveis sorotipos de HPV.

A transmissão pode ocorrer por meio de autoinucolação, quando o vírus entra na mucosa através de lesões na pele. Também, ocorre através da transmissão sexual ou de mãe para filho durante parto. Portanto, para evitar o contágio, deve-se evitar coçar a área lesionada e ter contato com o foco da infecção. Já para transmissão sexual, o uso de preservativos é o mais indicado para prevenir a infecção.

Tratamento

Gazeta do Povo

Normalmente, em crianças as verrugas tendem a diminuir e desaparecer sozinhas, dentro de alguns meses. Mas, devido ao fato de facilmente se espalhar pelo corpo, um tratamento adequado para acelerar o processo pode ser recomendado. Principalmente em crianças, que tendem a ficar mexendo nas verrugas, o que pode aumentar a lesão.

Já no caso de adultos, as verrugas não costumam desaparecer sozinhas, por isso, é necessário um tratamento adequado. Entre os tratamentos existem modalidades terapêuticas que conseguem remover toda a lesão na pele. No entanto, é importante lembrar que para cada tipo de verruga, há um tratamento adequado.

Como, por exemplo, as verrugas anogenitais, que são mais difíceis de serem tratadas, nesse caso, pode ser necessário que haja uma intervenção cirúrgica para a retirada, devido ao risco de provocar câncer. Mas, para casos mais simples, há os seguintes tratamentos para a retirada das verrugas:

  • Medicamentos: o dermatologista pode indicar alguns cremes e pomadas à base de ácido acetilsalicílico e/ou ácido lático que devem ser aplicadas na região da verruga para retirá-la.
  • Crioterapia: é uma das formas de tratamento para retirada das verrugas mais utilizado, que consiste no congelamento da verruga através da aplicação de nitrogênio líquido em spray. Dessa forma, a verruga cai dentro de poucos dias. No entanto, é importante que o tratamento seja feito em consultórios de dermatologistas para evitar queimaduras na pele causadas pelo nitrogênio líquido.
  • Cirurgia a laser: é mais indicado quando o paciente possui muitas verrugas, sejam juntas ou espalhadas. E o procedimento é realizado com anestesia local, já que pode causar dor e desconforto.

Como tirar verrugas com técnicas caseiras

Existem algumas formas caseiras que vão auxiliar na retirada de verrugas, tais como:

1 – Fita adesiva

Incrível

Bastante simples e fácil de retirar verrugas, além de ser recomendada pela Associação Americana de Dermatologia. Para isso você deve colocar a fita na verruga por 6 dias e depois retirar e mergulhar a verruga na água por alguns minutos. Por fim, passe uma pedra pomes ou lixa no local da verruga para retirar o excesso de pele.

2 – Óleo de Melaleuca

O Sagaz

O óleo de Melaleuca ou árvore do chá é um poderoso antiviral natural, que ajuda o organismo a combater o vírus que provoca as verrugas. Dessa forma, aplique uma gota do óleo de duas a três vezes por dia na lesão e deixe agir pelo maior tempo possível.

3 – Esmalte de unha

Tua Saúde

Ao usar um esmalte de unha transparente no local da lesão, a quantidade de oxigênio que chega até as verrugas diminuí, como resultado, as células morrem e são eliminadas facilmente. No entanto, nem todos os dermatologistas aprovam esse tipo de tratamento. Portanto, em caso de dúvidas, consulte o médico antes de aplicar o esmalte.

4 – Vinagre de Maçã

Tua Saúde

Por se tratar de uma substância ácida, o vinagre de maçã ajuda na esfoliação química da pele, o que faz com que o excesso da verruga seja removido naturalmente. Ademais, molhe um pedaço de algodão no vinagre e aplique sobre as verrugas durante a noite, prendendo com um band-aid. No entanto, a acidez do vinagre pode causar vermelhidão ou desconforto na lesão, por isso, evite usar na região do rosto.

Por fim, antes de tentar retirar verrugas, procure a orientação de um dermatologista, pois, ao tentar retirar você pode acabar piorando a infecção da lesão ou causando mais danos.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Olho de peixe, o que é? Causas, sintomas e tratamentos caseiros. 

Fontes: Tua Saúde, SBD, Dr. Dráuzio Varella

Imagens: Dra. Monalisy Rodrigues, Haddah Astolfi, Ohmymag, MSD Manuals, MD Saúde, Gazeta do Povo, Ilumina na Pele, Incrível, O Sagaz

Essa matéria Verrugas, o que são? Causas e quais as melhores formas de tratamento foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Verrugas, o que são? Causas e quais as melhores formas de tratamento Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s