Tatuagem inflamada, o que é? Sintomas, tratamento e prevenção

A tatuagem inflamada é uma reação de defesa do organismo relacionada às condições do processo de fazer uma tatuagem. Nesse sentido, pode acontecer tanto devido à tinta utilizada quanto pela situação de higiene do local onde foi feita.

No geral, identifica-se a inflamação principalmente pela vermelhidão em pontos específicos. Entretanto, sintomas como dor, elevação do desenho e coceira excessiva também são comuns.

Por outro lado, os casos mais graves podem apresentar pus, sangue e altos graus de febre. Sendo assim, a tatuagem inflamada torna-se uma infecção.

Ainda que seja comum que a região da tatuagem fique avermelhada, inchada e dolorida por até sete dias depois de ser feita, é preciso estar atento à cicatrização. Diante de qualquer sinal de inflamação, inchaço ou alergia, a pessoa deve buscar ajuda médica para evitar maiores problemas.

Tatuagem inflamada, o que é? Sintomas, tratamento e prevenção
Exemplo de tatuagem inflamada – Fonte: Pinterest

Como as tatuagens são feitas no organismo?

Geralmente, a tatuagem fica avermelhada, inchada e dolorida por até sete dias após a sessão. De maneira resumida, isso não indica tatuagem inflamada, pois acontece por um processo natural do seu organismo.

Por via de regra, essas reações iniciais acontecem pois a fixação dos pigmentos na pele se dá por meio de um processo inflamatório local. Nesse sentido, o sistema imunológico reage para proteger o organismo, enviando os  macrófagos para fazer a fagocitose e englobar as partículas de tinta.

No geral, os macrófagos são células de defesa naturais do organismo, como agentes do sistema imunológico para defender as regiões em necessidade. Entretanto, ainda que atuem devorando os corpos estranhos para proteger o organismo, quando se trata das partículas de pigmento o trabalho fica mais difícil.

Isso acontece porque as partículas de pigmento são maiores que os macrófagos, consequentemente, essas células de defesa não conseguem quebrar a tinta completamente. Por conta disso, o desenho fica fixado na pele humana, mas o organismo permanece em um processo contínuo de enviar novos macrófagos para combater o pigmento.

Ainda que não sejam corpos estranhos para quem vê de fora, a um nível microscópico, as partículas de tinta são identificadas como ameaças ao sistema imunológico. Dessa forma, estudos recentes explicam que os macrófagos estão em uma luta constante contra os pigmentos de tatuagem, mesmo após anos desde que foram feitas.

Tatuagem inflamada, o que é? Sintomas, tratamento e prevenção
Processo de fagocitose de um pigmento verde identificado por macrófagos – Fonte: BBC

Sintomas da tatuagem inflamada

Entretanto, é necessário prestar atenção caso esses sintomas iniciais persistam por mais tempo que o normal. Além disso, fique atento ao surgimento de outras reações que possam indicar inflamação na tatuagem.

No geral, os sintomas de tatuagem inflamada envolvem febre, relevo no desenho, coceira excessiva e também calor local. Além disso, é comum que a tatuagem inflamada exale mau odor, apresentando linhas vermelhas ou bolhas na região onde foi feita.

Em casos mais graves, pode-se registrar a presença de pus e a erupção de sangue, como uma ferida aberta. Nesse sentido, a febre também aumenta e os outros sintomas se fazem presentes.

Porém, é necessário diferenciar a tatuagem inflamada da reação alérgica. Resumidamente, os sintomas da alergia são semelhantes aos da inflamação, mas não causam febre, mal-estar geral ou aparecimento de pus.

Geralmente, a reação alérgica à tatuagem envolve somente a vermelhidão, inchaço e coceira. Em alguns casos, é comum também a descamação da pele, dando aspecto de que a tatuagem está descascando.

Tatuagem inflamada, o que é? Sintomas, tratamento e prevenção
Fonte: Tua Saúde

Tratamento e prevenção

Frequentemente, indica-se que a pessoa com tatuagem inflamada busque primeiro um médico para receber as orientações de tratamento. Por via de regra, é comum que se indiquem antibióticos específicos para tatuagem inflamada ou infeccionada, além de pomadas locais.

Ademais, é recomendado que os pacientes busquem deixar a região limpa, permitindo que a pele respire e reaja naturalmente. Para isso, lave-a com água limpa e sabonete neutro, mas também mantenha a região seca.

No que diz respeito à prevenção, é indicado que se faça um teste de alergia antes de realizar a tatuagem. Estúdios e profissionais da área fazem isso para verificar as reações do organismo aos componentes da tinta, portanto, é um aliado para evitar maiores consequências.

Mais ainda, recomenda-se que as pessoas busquem por estúdios que são bem higienizados e que atendam às medidas de biossegurança durante as sessões. É importante conferir os utensílios e equipamentos do tatuador antes da sessão, para garantir que o material é descartável e de uso único.

Sendo assim, sempre pesquise e converse com o tatuador escolhido antes da sessão. Após a tatuagem ser feita, indica-se que a pessoa siga as orientações do profissional, principalmente no cuidado com as pomadas e a limpeza da região.

E ai, gostou de conhecer mais sobre tatuagem inflamada? Então leia sobre Tipos de piercing na orelha – quais são e onde usá-los.

Fonte: Tua Saúde | Beleza UmComo | NSC Total | Fotos Tatuagens | Skinlaser | Super Interessante | Toda Matéria

Imagens: Pexels | Pinterest | BBC | Tua Saúde

Essa matéria Tatuagem inflamada, o que é? Sintomas, tratamento e prevenção foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Tatuagem inflamada, o que é? Sintomas, tratamento e prevenção Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s