Zacarias, quem é? Vida, carreira e morte do ícone d’Os Trapalhões

Zacarias é um dos grandes ícones da televisão brasileira, mas você conhece o homem por trás do nome artístico? Em primeiro lugar, Mauro Faccio Gonçalves é o nome completo do mineiro que deu vida ao personagem Zacarias.

Nesse sentido, Zacarias nasceu no dia 18 de janeiro de 1943 e faleceu aos 56 anos em 18 de março de 1990. Desse modo, consagrou-se como uma figura múltipla no entretenimento nacional. Além de ator, foi dublador, humorista, cantor e até locutor de rádio.

Geralmente, seu nome é lembrado pelo trabalho no grupo humorístico Os Trapalhões, em meados de 1960. Entretanto, Mauro Faccio também esteve presente em filmes como “O Fraco do Sexo Forte” (1973) e “Deu a Louca nas Mulheres” (1977).

Zacarias, quem é? História do ícone do programa Os Trapalhões
Fonte: TV Foco

A vida de Zacarias

Primeiramente, Zacarias nasceu em uma família humilde no interior de Minas Gerais, em uma cidade chamada Sete Lagoas. Desse modo, era um setelagoense com outros onze irmãos, e iniciou a vida trabalhando como vendedor de sapatos.

Além disso, trabalhou também em uma fábrica de café com seu pai, Mariano Gonçalves. Por outro lado, era filho da matriarca dos Faccio, a dona Virgínia Faccio.

Nesse sentido, Zacarias começou a carreira na rádio em 1955, aos 21 anos de idade. A princípio, trabalhou em um programa humorístico chamado “Em Babozal Era Assim”, da Rádio Cultura de Sete Lagoas.

Ademais, estudou no Colégio Diocesano Dom Silvério de Sete Lagoas. Também mas formou-se como técnico em contabilidade pela Escola Técnica de Comércio de Sete Lagoas, mas seguiu carreira na comédia.

Em resumo, a popularização do artista se deu pela sua capacidade de imitação. Ou seja, ele tinha uma grande habilidade em imitações e invenções de vozes, sendo capaz até de recriar sons animais com perfeição.

Na vida pessoal, Zacarias ainda tentou estudar Arquitetura, entretanto, situações financeiras o impediram de prosseguir com os estudos. Por outro lado, foi casado com a atriz e dubladora Selma Lopes por quinze anos. Além disso, adotou Maria Laura, fruto de um casamento anterior de Selma.

No entanto, os dois se divorciaram em 1973, mas permaneceram amigos depois da separação. Mais ainda, Zacarias também teve um relacionamento com a cantora Waleska entre 1979 e 1981.

Zacarias, quem é? História do ícone do programa Os Trapalhões
Fonte: O Tempo

Carreira e Os Trapalhões

No ano de 1957, quando Mauro Faccio mudou-se para Belo Horizonte em busca de um diploma de Arquitetura, sua carreira começou a se desenvolver. Ainda na capital mineira, Zacarias trabalhou na Rádio Inconfidência, recebendo o título de melhor comediante do rádio de 1960 a 1963.

Eventualmente, seu destaque o levou a estrear na televisão. Com maior especificidade, Zacarias estreou no programa “Tribunal de Calouros”, da TV Itacolomi, em 1963. Mais ainda, nesse mesmo ano foi convidado para participar do programa Praça da Alegria, a convite do humorista Manoel da Nóbrega.

Desse modo, mudou-se para o Rio de Janeiro em 1963 e começou uma série de aparições na televisão. Nesse sentido, apareceu em programas humorísticos na TV Excelsior, TV Rio e TV Record. Entretanto, Mauro Faccio fez sua primeira participação como Zacarias no programa “Café sem Concerto”, da TV Tupi.

Em primeiro lugar, Zacarias era um garçom esquisito que criava confusões, incorporando elementos inspirados em um garçom real da terra natal do ator. Porém, sua atuação chamou a atenção de Renato Aragão, ou Didi, como é mais conhecido.

Zacarias, quem é? História do ícone do programa Os Trapalhões
Os Trapalhões – Fonte: Aventuras na História

Zacarias, o Trapalhão

Nesse sentido, o criador dos Trapalhões convidou Mauro Faccio para integrar o elenco em 1974. A princípio, o programa existia desde 1966, na TV Excelsior, mas passou por outras emissoras como a TV Record e a própria TV TUpi.

Com a adição de Mauro Faccio no elenco, “Os Trapalhões” se consolidou com o quarteto mais conhecido: Didi, Dedé, Mussum e Zacarias. A partir disso, a série humorística continuou a apresentar as presepadas dos personagens em disputas repletas de pegadinhas.

No geral, as pegadinhas aconteciam entre os membros, mas também contra inimigos em comum do grupo. Além disso, o programa contava com uma série de esquetes curtos com cada um dos atores, assim como deles em conjunto.

Comumente, Zacarias era apresentado como um personagem afeminado e infantil, embora sem conotação homossexual. Mais ainda, usava uma peruca e tinha uma risada característica, transformando-o em uma das figuras mais caricatas da série.

Para além do nome artístico, Mauro Faccio explicava que Zacarias era o nome de um galo que tinha na infância. Entretanto, o nome acabou virando um apelido seu durante toda vida, e eventualmente ele o adotou para si.

Por fim, em março de 1977, o grupo estreou na Rede Globo, sendo exibido aos domingos antes do Fantástico. Em resumo, o grupo foi convidado para integrar a grade da emissora pelo diretor de operações da TV Globo na época, o José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, ou Boni.

Ademais, tornou-se um dos maiores sucessos de audiência e popularidade no Brasil. Aliás, entrou até para o Livro Guiness de Recordes Mundiais como o programa humorístico de maior duração da televisão, pois foi exibido durante trinta anos.

Fotografia do personagem de Os Trapalhões em preto e branco para ilustração do item
Fonte: Clássicos e Relíquias

Morte

A partir de dezembro de 1989, Zacarias iniciou uma dieta de automedicação por conta própria. Entretanto, no processo de perda de peso, ele acabou desenvolvendo problemas de saúde. Eventualmente, os males alcançaram o seus pulmões.

Após nove dias de internação na Clínica São Vicente no Rio de Janeiro, o ator acabou falecendo devido à insuficiência respiratória. Assim, sua morte foi confirmada no dia 18 de março de 1990, aos 56 anos. Ademais, foi enterrado na sua cidade natal, em Sete Lagoas, no Cemitério Parque Santa Helena.

Durante a vida, Mauro Faccio participou de ações sociais a favor dos portadores de deficiência visual. Nesse sentido, promoveu e difundiu a doação de córneas em 1981 em um especial de Os Trapalhões. Além disso, atuou em defesa dos desabrigados da seca no Nordeste nos especiais SOS Nordeste.

Por outro lado, também advogou por crianças e adolescentes em todo o Brasil, participando ativamente do show Criança Esperança desde seu lançamento.

E aí, gostou de conhecer sobre o Zacarias? Então leia sobre Lendas do folclore brasileiro – principais histórias e personagens.

Fontes: Aventuras na História | Notícias da TV | Memória Globo | WikiFandom

Imagens: O Tempo | Aventuras na História | TV Foco | Clássicos e Relíquias

Essa matéria Zacarias, quem é? Vida, carreira e morte do ícone d’Os Trapalhões foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Zacarias, quem é? Vida, carreira e morte do ícone d’Os Trapalhões Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s