Deus Marte, quem foi? História e importância na mitologia

Parte da mitologia romana, o deus Marte era filho de Júpiter e Juno, enquanto que na mitologia grega é conhecido como Ares. Em suma, o deus Marte é descrito como um poderoso guerreiro e militar que atuava pela pacificação de Roma. Além disso, Marte também é conhecido como o deus da agricultura. No entanto, ao contrário de sua irmã Minerva, que representava a guerra justa e diplomática, ele representava a guerra sangrenta. Pois tem como características a agressividade e a violência.

Ademais, os irmãos Marte e Minerva eram rivais, por isso, acabaram se opondo na Guerra de Troia. Então, quando Minerva protegia os gregos, Marte ajudava os troianos. Porém, no fim, os gregos de Minerva acabaram ganhando a guerra.

Considerado como um dos mais temidos deuses romanos, o deus Marte fez parte de um dos mais surpreendentes impérios militares que já fizeram parte da história. O deus Marte era tão importante para os romanos que o mês de Março foi dedicado a ele. Dessa forma, Marte era homenageado com festas e cortejos até o seu altar localizado no Campus Martius.

No entanto, mesmo sendo considerado como um deus cruel e rude, o deus Marte se apaixonou por Vênus, a deusa do amor. Mas, como Vênus era casada com Vulcano, manteve relações extraconjugais com Marte, nascendo então Cupido.

Quem era o deus Marte

Mitos e Lendas

Para a mitologia romana, Marte é considerado como o deus nacional, devido a sua grande importância. Ao contrário do seu equivalente na mitologia grega, Ares que é conhecido como um deus inferior, bruto e fanfarrão.

Em suma, Marte é filho do pai de todos os deuses, Júpiter, e da deusa Juno, considerada deusa do casamento e do nascimento. Além disso, o deus Marte era pai de Rômulo e Remo, fundadores de Roma. Também é pai de Cupido o deus do desejo amoroso, fruto do seu relacionamento proibido com a deusa Vênus.

De acordo com a mitologia romana, Marte ou Martius (latim) era o deus da guerra, sendo representado como um grande guerreiro, representante do poder militar. Cuja função era garantir a paz em Roma, além de ser o guardião dos agricultores.

Por fim, Marte era representado usando uma magnífica armadura para demonstrar seu grande poderio marcial e um capacete militar na cabeça. Além de usar um escudo e uma lança. Sendo que esses dois equipamentos são associados ao mais violento de todos os deuses de Roma.

História

Mitografias

De acordo com os romanos, o deus Marte, deus da guerra, possuía poderes da destruição e desestabilização, no entanto, usava esses poderes para manter a paz. Ademais, o deus da guerra era considerado como o mais violento de todos os deuses de Roma. Enquanto que sua irmã a deusa Minerva representava a guerra justa e sábia, formando o equilíbrio entre os irmãos.

Por fim, os romanos ainda associaram ao deus Marte três animais sagrados, o urso, o lobo e o pica-pau. Além disso, os moradores de Roma se consideram mitologicamente descendentes do deus Marte. Pois Rômulo, fundador de Roma, era filho da princesa de Alba Longa, chamada Ília e do deus Marte.

Curiosidades sobre o deus Marte

Dioses Romanos

Os romanos, como forma de homenagear o deus Marte, deram seu nome ao primeiro mês do calendário romano, o denominando como Março. Por isso, as festividades em homenagem ao deus aconteciam no mês de Março.

De acordo com a mitologia romana, Marte era pai dos gêmeos Rômulo e Remo, que foram criados por uma loba. Posteriormente, Rômulo funda a cidade de Roma, no ano de 753 a.C. se tornando o primeiro rei da cidade. No entanto, Marte teve outros filhos com a deusa Vênus, além do Cupido, eles tiveram Fobos (medo) e Deimos (terror). Porém, a traição despertou a ira de Vulcano, deus das forjas e marido de Vênus. Então, Vulcano os prendeu em uma forte rede e os expôs vergonhosamente aos outros deuses.

O planeta Marte

Mitos e Lendas

O planeta Marte desperta fascínio há milênios, com sua coloração vermelha e bem visível no céu à noite. Por isso, o planeta foi nomeado em homenagem ao deus da guerra, inclusive, os dois satélites foram batizados como Deimos e Fobos, filhos do deus Marte.

Após estudos realizados, foi constatado que a cor vermelha da superfície de Marte se deve a presença de óxido de ferro, sílica e enxofre. Além disso, os estudos sugerem que é possível a instalação de colônias humanas no futuro. Enfim, o planeta escarlate, dependendo de nossa posição pode ser visto no céu com seu brilho singular durante a noite.

Então, se você gostou desse post, também vai gostar desse: Voto de Minerva – Como surgiu essa expressão tão usada.

Fontes: Brasil Escola, Sua Pesquisa, Mitografias, Escola Educação

Imagens: Psique Bloger, Mitos e Lendas, Dioses Romanos

Essa matéria Deus Marte, quem foi? História e importância na mitologia foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Deus Marte, quem foi? História e importância na mitologia Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s