Para que serve glutamina? O que é + benefícios para o corpo

A glutamina trata-se de um aminoácido livre mais abundante no plasma e no tecido muscular. Mas, para que serve glutamina? Ela funciona como transportadora da amônia e do nitrogênio pela corrente sanguínea. Além disso, é responsável por promover e manter a hipertrofia, e ocasiona diversos benefícios no organismo. Por exemplo, melhorando o funcionamento do intestino, aumentando a memória e concentração, equilíbrio acidobásico, entre outros.

Normalmente, o uso da suplementação de glutamina costuma ser indicada para pessoas em situações de elevado estresse ou depleção do sistema imunossupressor. Pois, nesses casos, podem ser provocados um déficit de glutamina no organismo. Portanto, o uso é orientado, por médicos ou nutricionistas, para pessoas praticantes de exercícios, pacientes com câncer, portadores de HIV ou com doenças intestinais.

Em suma, naturalmente a glutamina não apresenta sabor, glúten, açúcares ou calorias. Por isso, ela não possui propriedades que engordam ou emagreçam alguém. Além disso, esse aminoácido não possui funcionalidade de aumentar o desempenho em atividades físicas.

O que é glutamina?

New Millen

A glutamina consiste em um aminoácido livre, ou seja, molécula que forma proteína, mais abundante no plasma e tecido muscular. Ademais, trata-se de um aminoácido não essencial, visto que pode ser sintetizado pelo organismo através de outros aminoácidos. Além disso, ela pode ser encontrada nos músculos também.

Em suma, ela funciona transportando a amônia e o nitrogênio pela corrente sanguínea. Assim sendo, é responsável por promover e manter a hipertrofia, melhorando a performance do atleta e sua recuperação após exercícios. Por isso, é essencial manter sempre constante a quantidade de glutamina no sangue.

E, após exercícios intensos, os níveis de glutamina normalmente diminuem, podendo ser recomendada a suplementação desse aminoácido. Normalmente, a suplementação de glutamina é realizada por atletas de fisiculturismo com o intuito de manter os músculos e prevenir infecções, principalmente durante o período de competições. Portanto, é necessário compreender para que serve glutamina, visto que ela é essencial no organismo.

Para que serve glutamina?

Retoma o Controle

Afinal, para que serve glutamina? Ela é a principal transportadora da amônia, produzida em nosso organismo, pelo sangue. Ademais, é formada através da reação entre o aminoácido glutamato e a amônia produzida nas reações químicas. Além disso, está relacionada com as reações de produção de energia, atuando como combustível para o sistema imune.

Assim sendo, também colabora melhorando a função intestinal, pois age como combustível para os enterócitos, que são células do intestino. Por outro lado, também é essencial no transporte de nitrogênio entre os tecidos do organismo e age no equilíbrio entre ácido e base. Por fim, atua na síntese de glicogênio, e é indispensável na síntese de glutationa, um potente antioxidante.

Benefícios

Brasil Escola

Após compreender para que serve glutamina, é necessário verificar quais são os seus benefícios. Além de promover o crescimento muscular, boa performance e desempenho em treinos, e evitar perda de massa magra, possui outros benefícios. Por exemplo:

  • Melhora o funcionamento do intestino. Pois, é um nutriente vital para a sua reparação.
  • Melhora a memória e a concentração. Pois se trata de um neurotransmissor essencial no cérebro.
  • Contribui para tratar a diarreia, equilibrando a produção de muco, resultando em evacuações saudáveis.
  • Melhora o metabolismo e a desintoxicação celular.
  • Limita os desejos de açúcar e de álcool.
  • Auxilia no combate do câncer.
  • Melhora os sintomas da diabetes.
  • Equilibra o balanço acidobásico durante estados de acidose.
  • Promove a desintoxicação corporal do nitrogênio e da amônia.
  • Ajuda na síntese de nucleotídeos. Pois, consiste em um precursor nitrogênio.
  • Reforça o sistema imune através da regulação da resposta imune de IgA, que é um anticorpo importante no ataque de vírus e bactérias.
  • Auxilia na cicatrização de lesões, queimaduras, tratamento de câncer ou cirurgias.

Quem pode tomar glutamina?

Es Brasil

Além de entender para que serve glutamina, é preciso saber quais são os casos em que se deve tomar. O uso da suplementação com glutamina costuma ser orientada para pessoas em situação de estresse intenso ou depleção do sistema imunossupressor. Pois, nesses casos podem ser provocados um déficit de glutamina no organismo.

Logo, esse problema pode ocorrer na prática de exercícios intensos, doenças infecciosas ou inflamatórias, e traumas que desencadeiam uma depleção no sistema imune. No entanto, essa suplementação só pode ser indicada por um nutricionista ou médico. Além disso, pessoas em estado saudável ou que não praticam intensos exercícios não necessitam da suplementação. Pois, o organismo produz a quantidade necessária para se manter em equilíbrio. Portanto, geralmente é recomendado para pessoas:

  • Praticantes de exercícios: Pois ocorre uma diminuição deste aminoácido circulante. O que ocasiona deficiências no sistema imune, necessitando de uma suplementação.
  • Pacientes com câncer: Geralmente, pacientes com câncer sofrem com a redução dos níveis da glutamina plasmática, necessitando da reposição. Além disso, melhora a resposta imunológica do paciente, realiza a manutenção da integridade da mucosa intestinal, e tem possível inibição da proliferação das células cancerosas.
  • Portadores do HIV: Portadores dessa doença sofrem uma depleção grave no sistema imunossupressor. Dessa forma, deixam o indivíduo desprotegido e suscetível a infecções e a contrair outros vírus. Por isso, é necessário a suplementação para amenizar essa depressão imune causada pelo vírus.
  • Pessoas com problemas intestinais: A glutamina auxilia na saúde do intestino. Logo, equilibra e fortalece as células intestinais e imunes presentes no órgão.

Como tomar

Nativa Prime

A princípio, a quantidade diária recomendada de L-glutamina ou Glutamina Peptídeo é de 10 a 15 gramas para atletas, divididos entre 2 ou 3 doses. Por outro lado, em situações avaliadas por médicos, a dosagem pode chegar de 20 a 40 gramas. Ademais, ela pode ser consumida antes do treino junto com frutas, ou antes, de dormir.

Em suma, a glutamina está disponível em cápsulas e sachês. Por exemplo, como L-glutamina da Prozis, Essential Nutrition ou Probiótica. Assim sendo, podem ser encontrada na forma em pó ou em cápsulas, sendo vendida em farmácias e lojas de suplementos alimentares. Logo, o preço varia entre R$ 40,00 a R$ 280,00, conforme a quantidade de cápsulas e da marca do produto.

Entretanto, o consumo de mais de 40 gramas de glutamina por dia podem ocasionar náuseas e dores abdominais. Por isso, é imprescindível a orientação de um nutricionista para verificar a necessidade do uso dela em cápsulas, por exemplo. E, pessoas diabéticas devem consultar o médico para verificar a melhor forma de consumo desse aminoácido.

Para que serve glutamina: O que tem nela?

Brasil Escola

Normalmente, esse suplemento não apresenta um sabor de forma isolada. Desse modo, pode ser facilmente misturado com outras bebidas. Entretanto, algumas marcas optam por aplicar sabor ao produto, o deixando mais palatável.

Por outro lado, por se tratar de um aminoácido derivado da proteína, ela não apresenta glúten. Porém, ela pode sofrer contaminação cruzada ao ser processada em equipamentos que fabricam e embalam outros produtos com glúten. Portanto, é essencial se atentar aos rótulos dos produtos.

Além disso, em sua forma isolada, ela não possui açúcares, nem carboidratos, sendo baixíssima em calorias. No entanto, caso o fabricante acrescente sabor ou açúcar os números irão subir.

Para que serve glutamina: Emagrece ou engorda?

Nutri Soft

Esse aminoácido não tem a funcionalidade termogênica no organismo. Isto é, não acelera o metabolismo nem queima gorduras. Portanto, ele não provoca o emagrecimento. Entretanto, algumas pessoas utilizam o suplemento e tem uma pequena redução de peso, mas não tiveram composição corporal alterada. Assim sendo, ocorrendo uma perda tanto de gordura quanto de massa magra.

Por outro lado, o aminoácido não contém, quando isolado, açúcares, glúten ou calorias. Portanto, a glutamina também não engorda. Entretanto, o seu consumo crônico e em doses altas podem acarretar um quadro de resistência à insulina, deixando o corpo mais propenso a acumular gordura.

Melhora o resultado na musculação?

Nutri Soft

MITO! Atualmente, nenhum estudo revelou que a glutamina possui funcionalidade de aumentar o desempenho em atividades físicas. Apesar de esse aminoácido contribuir no processo de síntese proteica, reparando tecidos e na construção de fibras musculares, não existem comprovações.

Assim sendo, a suplementação não otimiza o processo em pessoas saudáveis, nem contribui para o ganho de força ou um melhor desempenho em esportes. Portanto, seria necessário aumentar o consumo de proteínas, que agrega vários outros aminoácidos.

Enfim, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Aumentar a imunidade – Dicas naturais para melhorar as defesas do corpo.

Fontes: Uol, Tua Saúde, Minha Vida

Imagens: Nativa Prime, New Millen, Retoma o Controle, Brasil Escola, Es Brasil, Nutri Soft

Essa matéria Para que serve glutamina? O que é + benefícios para o corpo foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Para que serve glutamina? O que é + benefícios para o corpo Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s