Bonnie e Clyde – História do casal de criminosos que assombrou os EUA

Bonnie e Clyde ficaram famosos nos Estados Unidos a partir da década de 30. Apesar da fama, o casal, na verdade, era responsável por realizar crimes pelo país, incluindo assaltos e homicídios.

Durante a Grande Depressão, na década de 30, a dupla agia com outros parceiros principalmente na região central dos EUA. A carreira de crime do casal terminou em 1934, quando foram executados em uma emboscada.

Mesmo durante a carreira de crime, Bonnie e Clyde já eram considerados ídolos pelos EUA. Tratados como estrelas de cinema por muitos, eles eram encarados como símbolos da luta contra a opressão do Estado.

História

Bonnie e Clyde - a história do casal de criminosos que assombrou os EUA
Photo Arts

Bonnie Parker teve uma infância pobre no Texas, além de um casamento prematuro. Aos 20 anos, no entanto, sua vida passou por uma forte transformação. Enquanto trabalhava como garçonete, acabou conhecendo o homem que seria seu novo amante e parceiro de crime: Clyde Barrow.

Natural do Kansas, Clyde foi preso pela primeira vez aos 17 anos. Isso porque desde a adolescência já estava acostumado a praticar pequenos furtos. Na segunda vez que foi preso, por exemplo, foi pego roubando perus de uma propriedade, ao lado do irmão.

Por causa dos abusos que sofreu logo cedo na prisão, Clyde decidiu que queria se vingar do sistema carcerário do país. Apesar dele ter cometido vários homicídios, o historiador John Neal Phillips diz que o criminoso carregava a culpa constante por cada assassinato.

A atração – e mais tarde, a fama – dos dois, esteve muito ligada a aparência chamativa que tinham. Segundo o livro “The Lives and Times of Bonnie & Clyde”, de E. R. Miller, ela tinha faces suaves e sardas, com belos cabelos loiros avermelhados. Clyde também não ficava atrás, sendo descrito como um rapaz atraente de cabelos e olhos castanhos.

Crimes de Bonnie e Clyde

Bonnie e Clyde - a história do casal de criminosos que assombrou os EUA
marie claire

Bonnie e Clyde começaram seu romance em 1930, mas não ficaram juntos por muito tempo. A interrupção, no entanto, não teve nada a ver com um problema entre o casal, e sim com mais uma prisão de Clyde.

Em 1932, com a liberdade, eles voltaram a se encontrar e começaram uma carreira de crimes. Além da dupla, a Gangue Barrow contava com vários outros adolescentes, incluindo WD Jones, de apenas 16 anos. Além de assaltar pequenas lojas e furtar carros, eles chegaram a matar cinco pessoas apenas no primeiro ano de atividade.

Com o tempo, eles ganharam notoriedade na mídia, principalmente pelas fotos posadas que eles mesmo divulgavam. Nas imagens, Bonnie, Clyde e os outros membros da gangue aparecem em momentos de descontração, ostentando veículos, armas e charutos.

Os anos seguintes foram marcados de uma atuação frequente do bando. Em posse de um Ford V8 e armas automáticas Browning – armamento pesado utilizado de militares –, todos roubados, o grupo passou a ser visto como maiores inimigos das autoridades. Inclusive, nesse período seus crimes passaram a incluir o assassinato de autoridades dos locais por onde passavam.

Fim da linha

Bonnie e Clyde - a história do casal de criminosos que assombrou os EUA
Hypeness

Em 1934, a polícia do Texas decidiu dar um novo passo na busca por Bonnie e Clyde. A investigação do casal ficou nas nãos de um ranger experimente, Frank Hamer, de 50 anos. Ao lado de outros cinco oficiais de destaque – incluindo policiais de Louisiana –, o ranger organizou uma emboscada para os criminosos.

Antes de abordar o veículo do casal, a polícia interceptou o carro do pai de Henry Methivin, membro da gangue que viajava à frente dos companheiros. Pouco tempo depois da abordagem, a dupla também chegou ao local. Segundo os relatos, os dois estavam completamente relaxados, com Bonnie comendo um sanduíche no lugar do passageiro, e Clyde dirigindo descalço.

O carro também estava carregado com quatro espingardas de uso militar, uma pistola e uma caixa com cerca de dez outras armas.

Registros históricos dizem que os policias chegaram a entrar num debate sobre prender ou matar os criminosos. Apesar da discussão inicial, disparos foram realizados na direção de Bonnie e Clyde assim que eles pararam o carro.

Clyde morreu na hora, com um tiro na cabeça. Com a morte do motorista, o carro acabou movendo-se sozinho, fazendo os agentes pensarem que Bonnie tentava fugir. Dessa maneira, a equipe se aproximou do veículo e Frank Hammer efetuou dois novos disparos, matando a mulher.

Inseparáveis em vida, Bonnie e Clyde foram enterrados em locais separados, por decisão da mãe de Bonnie, que nunca aprovou a relação.

Curiosidades sobre Bonnie e Clyde

Bonnie e Clyde - a história do casal de criminosos que assombrou os EUA
Hypeness
  • Antes de conhecer Clyde, Bonnie era casada com Roy Thornton. A jovem conhecera o marido na escola, aos 16 anos, e se casou em 1926. Apesar de ter encerrado o relacionamento por infidelidade do parceiro, ela nunca chegou a divorciar-se legalmente.
  • Além do casal, a Gangue Barrow contava com os membros Raymond Hamilton, Joe Palmer, W.D. Jones, Ralph Fults, e Henry Methvin. O grupo também incluía Buck, irmão mais velho de Clyde, e sua esposa, Blanche.
  • Apesar de retratados como especialistas em roubos a banco, o grupo assaltou menos de quinze cofres na carreira. No total, acumularam lucros de apenas US$ 80, equivalentes a cerca de US$ 1,5 mil, hoje em dia.
  • As fotografias da gangue foram responsáveis por apresentar o grupo como ídolos romantizados da década de 30, quase como ídolos de Hollywood.
  • Mesmo sendo fugitivo da polícia, Clyde escreveu uma carta para Henry Ford, elogiando o carro que dirigia. A mensagem dizia: “Em termos de velocidade e fiabilidade o Ford dá uma tareia em qualquer automóvel e, mesmo que os meus negócios não sejam exatamente legais, não deixo de dizer-lhe que tem aqui um belo automóvel.”
  • Segundo alguns historiadores, o tiroteio entre Bonnie e Clyde e grupo de Hamer teria durado apenas 16 segundos. Por outro lado, outros defendem que ele tenha acontecido por cerca de dois minutos.
  • O veículo baleado de Bonnie e Clyde foi devolvido ao proprietário original, que não reparou o veículo. Desde então, ele passou por vários museus e hoje está em exibição no “Primm Valley Resort and Casino”, no estado do Nevada.

Fontes: Observador, Aventuras na História, Aventuras na História, DW, El País, Opera Mundi, Jornal dos Clássicos

Imagens: Hypeness, marie claire, Photo Arts, USA Today

Essa matéria Bonnie e Clyde – História do casal de criminosos que assombrou os EUA foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Bonnie e Clyde – História do casal de criminosos que assombrou os EUA Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s