Por que a pimenta arde – Causas, componentes e benefícios da pimenta

A pimenta representa um fruto muito utilizado na culinária. Pois, ela fornece aos alimentos uma melhoria no sabor, na cor e no aroma. Além disso, é o segundo condimento mais utilizado no mundo, perdendo só para o sal de cozinha. Mas, provavelmente você já se questionou o porquê a pimenta arde. Em síntese, ela apresenta a substância capsaicina.

Ademais, essa capsaicina está presente na casca e, principalmente, nas sementes das pimentas. Logo, elas são as encarregadas de enviar ao cérebro comandos sensitivos. Ou seja, ao colocar a pimenta na língua, ela libera as substâncias que ativam um receptor de dor do cérebro. Desse modo, os olhos lacrimejam, o nariz fica irritado e a boca pode formigar. Então, esse é o por que a pimenta arde.

Por outro lado, a pimenta traz benefícios ao organismo. Por exemplo, a capsaicina libera endorfinas que contribuem para o alívio da enxaqueca. Além disso, também auxiliam na digestão, possuem ação descongestionante e expectorante. Por fim, apresenta poder antioxidante, retardando o envelhecimento das células, entre outros benefícios.

Por que a pimenta arde?

Tricurioso

Provavelmente você já se perguntou por que a pimenta arde. No entanto, essa ardência não está presente em todas as pimentas. Mas, a pimenta malagueta, por exemplo, apresenta essa ardência. Pois, as pimentas que ardem possuem uma substância química chamada capsaicina.

Ademais, essa substância é produzida através de glândulas que se localizam na placenta da pimenta. E, a placenta corresponde a um tecido esbranquiçado, onde ficam aderidas as sementes. Logo, quando essa placenta é danificada, ao cortar ou morder, ocorre a liberação da capsaicina. Dessa forma, ao ingerir alimentos com pimenta, a capsaicina ativa as células do sistema nervoso que percebem as sensações de perigo para o organismo.

Por que a pimenta arde: Funcionamento

Tricurioso

O por que a pimenta arde existe uma explicação, conforme o seu funcionamento no organismo. A princípio, é como se a capsaicina fosse uma espécie de plugue, e o neurônio seria a tomada, que recebe a dor. Ademais, essas células do sistema nervoso são denominadas de neurônios sensoriais, e os responsáveis por detectar coisas dolorosas são os nociceptores.

Logo, quando a capsaicina entra em contato com o receptor, toda célula se modifica, enviando informação ao cérebro, provocando os sintomas de ardor.

Por outro lado, é comum dizer que comidas apimentadas queima a língua pois o calor ao ingerir o alimento é real. Visto que, o receptor da capsaicina pode ser ativado por temperaturas superiores a 43 graus Celsius. Ademais, quando ativado, o neurônio nociceptor também se modificará da mesma forma, enviando ao cérebro a informação de que tem algo estranho. Consequentemente, provocando a sensação de calor e queimação, sendo um aviso de perigo para o organismo.

Por que a pimenta arde: Capsaicina

Zoom

O por que a pimenta arde é resumido pela ação da substância capsaicina. E, quanto maior for a quantidade de capsaicina liberadas pelas glândulas da pimenta, maior será o ardor. Ademais, foi desenvolvido uma escala chamada Unidade de Calor Scoville (SCHU), em 1912, por Wilbur Lincoln Scoville.

Em suma, essa escala varia de 0 a 16 milhões Scocilles (SCH). Assim sendo, para uma pimenta ser considerada ardida, ela deve ter, no mínimo, 100000 Scovilles. No entanto, as pimentas que apresentam 0 SCH, não tendo nenhum ardor, são o pimentão e a pimenta biquinho doce. Por outro lado, a pimenta mais ardida do mundo é a Trinidad Moruga Scorpion, que é produzida em Trinidad e Tobago.

Benefícios da pimenta

Tua Saúde

Após compreender por que a pimenta arde, entenda os seus benefícios. Em síntese, a capsaicina, substância presente na pimenta, não apresenta nem odor nem sabor. Ademais, a sua função vai além de provocar ardência. Logo, estudos científicos identificaram que a capsaicina possui aplicações importantes, tais como:

  • Alívio de enxaquecas – A capsaicina provoca a liberação de endorfinas. Isto é, liberam analgésicos naturais extremamente potentes fabricados pelo cérebro. Desse modo, essas endorfinas contribuem para aliviar a sensação de dor e crises de enxaqueca.
  • Auxilia na digestão – A substância picante da pimenta melhora o funcionamento do intestino.
  • Possuem ação descongestionante e expectorante.
  • Poder antioxidante – Retardam o envelhecimento de células do organismo.
  • Apresenta propriedade anticancerígeno.
  • Elimina o excesso de líquido do corpo, e de bactérias em ferimentos.
  • Aumentam a secreção de saliva, sucos gástricos, pancreáticos e biliares.
  • Evita o AVC (Acidente Vascular Cerebral) e infarto.

Se você gostou desse post, também vai gostar desse: Benefícios da pimenta- Quais os tipos e os principais benefícios.

Fontes: Memória EBC, Mundo Educação, Escola Kids

Imagens: Rural Centro, Tricurioso, Zoom, Tua Saúde

Essa matéria Por que a pimenta arde – Causas, componentes e benefícios da pimenta foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Por que a pimenta arde – Causas, componentes e benefícios da pimenta Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s