Doenças antigas – Quais as mais contagiosas e mortais da história

A peste bubônica, a lepra e a poliomielite são consideradas doenças antigas que marcaram a história. Embora muitos pensem que essas doenças estão completamente erradicadas, elas ainda existem nos dias de hoje. No entanto, ocorrem com muito menos frequência do que costumava ser no passado.

Outra doença antiga é a varíola, que foi a primeira enfermidade para a qual foi desenvolvida uma vacina. Embora o médico britânico Edward Jenner tenha dado a primeira injeção em 1796, a Organização Mundial de Saúde não declarou a doença erradicada até 1980.

Além dessas, existem outras infecções emergentes – como a gripe aviária e a SARS – que acometem seres humanos em todo o mundo, sem falar do novo coronavírus (Covid-19), que apesar de ser uma doença nova, tem sido a causa da pandemia mais mortal dos últimos 100 anos.

Doenças antigas que existem até hoje

1. Febre tifoide – doença bacteriana

Fonte: Pinterest

Também conhecida como febre entérica, a febre tifoide é uma infecção bacteriana que afeta mais de dez milhões de pessoas todos os anos, com mais de 200.000 mortes relacionadas em todo o mundo.

Transmitida por alimentos e água contaminados, os episódios da doença foram documentados ao longo da história e durante a Guerra Civil Americana. Com efeito, quase 80.000 soldados da União morreram de febre tifoide. Além disso, muitos historiadores acreditam que Alexandre, o Grande também morreu da doença.

2. Gripe – doença viral

Doenças antigas: saiba quais as mais contagiosas e mortais da história
Fonte: Pinterest

O primeiro surto de influenza (gripe) registrado ocorreu em 1850. Por conseguinte, o surto mais famoso e letal dessa patologia foi a pandemia de gripe espanhola de 1918. Como resultado, a pandemia durou de 1918 a 1919 e matou entre 50 a 100 milhões de pessoas.

Ademais acredita-se que a doença provavelmente influenciou o curso da Primeira Guerra Mundial ao infectar e matar soldados. Surtos ainda ocorrem todos os anos, resultando em três a cinco milhões de casos e cerca de 250.000 a 500.000 mortes em todo o mundo.

3. HIV / AIDS – doença viral

Fonte: Pinterest

Classificado como uma pandemia global, o HIV / AIDS causou quase 30 milhões de mortes em todo o mundo de 1980 a 2009. Em 2015, mais de 2 milhões de novos casos foram notificados em todo o mundo. A doença ainda mata cerca de um milhão de pessoas por ano em todo o mundo.

4. Lepra – infecção bacteriana

Fonte: Pinterest

Também chamada de hanseníase, a mais antiga evidência documentada de lepra remonta a 2.000 a.C. Na década de 1980, havia quase 5,2 milhões de casos em todo o mundo. Todavia, nos últimos anos as taxas de hanseníase diminuíram e atualmente os casos são raros. Desse modo, a hanseníase pode ser tratada de maneira fácil e eficaz com antibióticos convencionais.

5. Malária – protozoose

Fonte: Pinterest

A malária é uma doença infecciosa transmitida por mosquitos. Assim, diversos casos de malária foram registrados ao longo da história. Atualmente, a doença ainda está disseminada em regiões tropicais e subtropicais de todo o mundo. Ademais, todos os anos, quase 200 milhões de pessoas são afetadas pela malária, com centenas de milhares morrendo da doença.

6. Peste Negra – Pragas Bubônica, Septicêmica e Pneumônica (infecção bacteriana)

Doenças antigas: saiba quais as mais contagiosas e mortais da história
Fonte: Pinterest

Uma das doenças antigas infecciosas mais evidenciadas na história são as pragas bubônicas, septicêmicas e pneumônicas. Desse modo, acredita-se que essas patologias sejam a causa da Peste Negra que assolou a Ásia, Europa e África no século 14, matando cerca de 50 milhões de pessoas.

Aliás, a peste não foi totalmente erradicada e ainda está presente hoje. Porém é uma doença com baixa mortalidade, e agora e se espalha muito mais lentamente do que no passado. Curiosamente, o conceito de quarentena (isolar pessoas infectadas como forma de impedir a propagação de doenças), foi desenvolvido na Europa para tentar controlar à peste.

7. Poliomielite – infecção viral

Doenças antigas: saiba quais as mais contagiosas e mortais da história
Fonte: Pinterest

A poliomielite já foi uma das doenças infantis mais temidas no mundo. A infecção viral pode causar paralisia temporária ou permanente. Além disso, antigamente a doença podia impedir o corpo de uma pessoa de respirar por conta própria, razão pela qual tantas pessoas infectadas tiveram que ser colocadas em um “pulmão de ferro”.

Foi somente em 1954 que Jonas Salk realizou os primeiros testes da vacina contra a poliomielite. Como resultado, 623.972 crianças receberam a vacina ou um placebo. Os testes mostraram que a vacina era de 80 a 90 por cento eficaz na prevenção da pólio.

Portanto, graças à vacinação contínua de crianças até hoje, os casos da doença tiveram uma queda significativa. No entanto, a poliomielite não foi totalmente erradicada e continua sendo uma ameaça à saúde em diversos países.

8. Raiva – doença viral

Fonte: Pinterest

Uma das doenças infecciosas mais antigas é a raiva. Ela foi registrada pela primeira vez por volta de 2.000 a.C. A raiva é uma doença viral, causada quando um animal infectado arranha ou morde outro animal ou ser humano. Atualmente ela ainda ocorre, com cerca de 24.000 a 60.000 mortes por ano, em todo o mundo.

9. Tuberculose – infecção bacteriana

Fonte: Pinterest

Outra doença antiga é a tuberculose. Como resultado, ela foi encontrada em humanos pré-históricos que datam de 4000 a.C. A tuberculose é causada por uma bactéria e geralmente afeta os pulmões, mas também pode afetar outras partes do corpo. Algumas estimativas dizem que quase um terço da população mundial está infectada com alguma forma de tuberculose.

Por outro lado, a batalha contra a tuberculose estimulou alguns dos primeiros esforços para desenvolver antibióticos. No entanto, só em 2014, houve 1,5 milhão de mortes relacionadas à doença registradas em todo o mundo.

10. Varíola – doença viral

Doenças antigas: saiba quais as mais contagiosas e mortais da história
Fonte: Pinterest

Surgindo em populações humanas por volta de 10.000 a.C., a varíola matou entre 300 e 500 milhões de pessoas em todo o mundo, somente durante o século 20. Desse modo, após os programas de vacinação, a varíola foi erradicada em 1979 e é considerada responsável pela criação da ciência médica voltada para a imunização.

Então, agora que você sabe quais as principais doenças antigas da história, veja também: Pandemias – 8 maiores doenças que se espalharam pelo mundo

Fontes: History, História do Mundo, Diário de Taubaté

Fotos: Pinterest

Essa matéria Doenças antigas – Quais as mais contagiosas e mortais da história foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Doenças antigas – Quais as mais contagiosas e mortais da história Publicado primeiro em https://segredosdomundo.r7.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s