Jardinista compartilha dicas de cultivo do sapatinho-de-judia

A lágrima-de-cristo, ou Clerodendrum thomsonae, é uma trepadeira muito utilizada no paisagismo. Nativa da África, essa plantinha possui flores muito charmosas e cheias de variedades. A seguir, conheça as especificidades da lágrima-de-cristo para ter um cultivo de sucesso.

Índice do conteúdo:

Como cuidar de lágrima-de-cristo

A lágrima-de-cristo é uma planta de fácil cultivo e exige pouca manutenção. No entanto, há alguns cuidados básicos essenciais para garantir sua floração. Por isso, o jardineiro Marcelo Sampaio compartilha algumas dicas para garantir mais charme e saúde no seu cultivo:

1. Rega

“As regas devem ser intensas e abundantes, porque a lágrima-de-cristo é uma trepadeira de grande porte”, afirma o especialista. Assim, a irrigação adequada deve ser feita apenas quando o substrato estiver seco. Já no período do inverno, é preciso diminuir a quantidade de água do solo, pois o clima já deixa a planta mais úmida.

2. Adubação

A adubação é importante para garantir o crescimento e a floração da lágrima-de-cristo. Segundo Sampaio, “ela pode receber um adubo de qualidade a cada 3 a 4 meses”. É possível adubá-la com adubos orgânicos, como o húmus de minhoca, ou adubos industrializados, como o NPK-10-10-10. Por fim, o jardineiro lembra que é preciso obedecer às indicações do fabricante de cada produto, pois adubação requer muito cuidado e atenção.

3. Luminosidade

A espécie aprecia o sol pleno. Ou seja, a luz solar direta é essencial para garantir crescimento e florescimento. Segundo o jardineiro, “não é recomendável o cultivo dentro de casa, apenas em jardins e áreas externas”. Então, pense bastante no local que você colocará sua plantinha, pois ela precisa de luminosidade intensa.

4. Solo ideal

A lágrima-de-cristo se adapta em diferentes tipos de solo. Porém, assim como a maioria das plantas, ela aprecia um substrato rico em matéria orgânica e bem drenável. “Também é comum o cultivo em solos arenosos e com composições à base de folhas secas”, complementa.

5. Mudas

Segundo Sampaio, “a lágrima-de-cristo se desenvolve por meio de estacas e sementes”. Para o cultivo a partir das estacas, é recomendável o plantio em um solo úmido e rico em nutrientes. Mas antes de fazer esse processo, estimule o enraizamento colocando os galhos na água.

6. Cultivo

Ina

Apesar de ser comum em jardins e áreas abertas, a planta pode ser cultivada em vasos. Para este tipo de cultivo, o especialista recomenda o uso de recipientes grandes para garantir o melhor desenvolvimento de suas raízes. “O plantio em vaso também precisa conter um suporte para a planta se apoiar, como aramados, estacas ou até mesmo as árvores”.

7. Floração

Para muitos, a beleza da lágrima-de-cristo é a floração. Esse processo costuma acontecer nas estações da primavera e verão. Para facilitar, Sampaio afirma que “a trepadeira precisa estar sob sol pleno e receber cuidados adequados na adubação”. No entanto, “é preciso respeitar o processo de desenvolvimento da planta, pois cada uma possui o seu tempo”.

Viu só como até os mais iniciantes na jardinagem conseguem cultivar essa plantinha? Com essas orientações valiosas, com certeza você terá sucesso. A dica é ficar atento à adubação e a luminosidade, pois esses dois fatores são essenciais para a planta crescer saudável e florescer.

Tipos de lágrima-de-cristo

A lágrima-de-cristo é uma planta da família Lamiaceae, que possui mais de 150 variedades. Cada espécie possui flores e folhas com características particulares. A seguir, confira os 4 tipos mais comuns de Clerodendrum, segundo o especialista:

tipos de lágrima-de-cristo

Tua Casa

  • Clerodendrum thomsonae: essa variedade é uma das mais cultivadas no Brasil. Ela possui flores mescladas entre o branco e o vermelho, mas você também encontra combinações entre o rosa e o vinho. A floração ocorre entre o verão e o começo do outono.
  • Clerodendrum splendens: corresponde a variedade de flores em tom vermelho intenso, com folhas na cor verde-escuro. A espécie tem grande valor ornamental, pois as suas flores garantem belos arranjos. O seu período de florescimento ocorre do inverno até a primavera.
  • Clerodendrum quadriloculare: conhecida como ‘Clerodendrum cotonete’, a flor é nativa das Filipinas. Diferente da maioria das lágrimas-de-cristo, ela possui formato arbustivo e flores elípticas. A sua floração acontece na primavera.
  • Clerodendrum paniculatum: por fim, essa variedade apresenta um florescimento abundante, que inicia no verão e se estende até o outono. A planta possui cachos de flores nas cores vermelho e laranja que crescem de forma ereta.

Gostou de conhecer algumas variedades dessa plantinha? Agora é só escolher a sua favorita e criar belas decorações com elas. Mas antes, vá para o próximo tópico e confira dicas práticas para cultivar sua lágrima-de-cristo.

Saiba mais sobre a lágrima-de-cristo

Após ficar por dentro das dicas do jardineiro, é interessante conferir dicas práticas sobre o cultivo da lágrima-de-cristo. Confira a seleção de vídeos, com orientações extras e curiosidades interessantes:

Mais dicas para cultivar a lágrima-de-cristo

Nesse vídeo, a paisagista traz ótimas ideias de decoração com a lágrima-de-cristo. Anote quais ambientes são mais adequados para a planta e, dessa forma, garantir um espaço florido e delicado. Vale a pena conferir, pois a especialista também dá algumas dicas que serão úteis para o cultivo da planta.

Como plantar lágrima-de-cristo em vaso

Para florir com vigor, a lágrima-de-cristo precisa ser cultivada em um solo rico em nutrientes e receber cuidados adequados quanto à adubação. Aqui, você aprende a cultivar a trepadeira em vaso, com um substrato adequado e práticas simplificadas. Anote todas as orientações, principalmente se você planeja plantar seu exemplar em um vaso.

Como fazer mudas de lágrima-de-cristo

Nesse vlog, a jardinista conta como fazer a multiplicação dessa planta por meio de estacas. O processo, que usa os galhos da flor, pode ser realizado diretamente no solo ou na água, e não agride a plantinha. Vale a pena assistir, pois o vídeo traz o passo a passo do plantio e algumas dicas que também irão te auxiliar no cultivo da flor.

Dicas para fazer a poda da lágrima-de-cristo

A poda é um processo comum em trepadeiras, pois garante a limpeza e a beleza da planta logo após a sua floração. Aqui, você vai conferir como realizar a poda na lágrima-de-cristo de forma prática e muito simples. Você precisa apenas de um alicate e extrato de própolis. Para aprender o passo a passo e todas as orientações, é só conferir o vídeo.

Com todas essas dicas valiosas, você já pode incluir todo o charme da lágrima-de-cristo na sua decoração. A trepadeira é de fácil cultivo e trará ainda mais cor e beleza para o seu jardim.

O post Jardinista compartilha dicas de cultivo do sapatinho-de-judia apareceu primeiro em Tua Casa.

Jardinista compartilha dicas de cultivo do sapatinho-de-judia Publicado primeiro em https://www.tuacasa.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s